E-Civil: Descomplicando a engenharia
Você está em: E-Civil » Artigos Técnicos

Padronização, base da qualidade

A sobrevivência humana depende há milhares de anos da padronização, claro que originalmente não era necessário registrar os processos padronizados, pois as pessoas aprendiam observando e gravando na memória. Imaginem como seria os calçados, o tráfego aéreo, terrestre e marítimo, materiais de construção (tijolos, portas, bitola da fiação elétrica, bitolo dos canos d'água, etc.), equipamentos diversos, tais como chaves de boca, trenas e outros medidores sem os padrões registrados ou padrões conhecidos ao longo do tempo.

Hoje os procedimentos documentados através do papel ou eletronicamente é que fazem nossa memória e para isso contamos com organismos, governamentais ou não, que nos auxiliam na elaboração de procedimentos documentados, através de normas técnicas (exemplos: ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas / ISO - International Organization for Standardization). A sigla ISO, foi escolhida de propósito, por significar o mesmo que o radical grego que significa igualdade em qualquer idioma.

As empresas devem enxergar a padronização como uma ferramenta que trará benefícios de custo, prazos, satisfação do cliente e principalmente qualidade nos serviços e produtos oferecidos, porém devemos lembrar que a adoção de normas de padronização, não garante por si só, resultados ótimos, para atingir os objetivos, convém que o sistema implantado, estimule as organizações a considerarem a implementação da melhor tecnologia disponível.

O grande papel da padronização esta no gerenciamento de sistemas ou por sistemas. O gerenciamento por sistemas, envolve a padronização desde a contratação do projeto até a entrega do produto final (ver requisitos da NBR ISO 9001 ou em qualquer outra norma da série NBR ISO 9000).

A padronização é fundamental no controle da qualidade e dos sistemas que pretendam atingir a qualidade total, assim os problemas de qualidade, custo, atendimento, moral e segurança, podem ser eliminados.

Afinal, quem é o responsável pela padronização nas empresas? O "dono" do negócio é o grande responsável pela padronização das atividades das empresas, mas é necessário que todas as pessoas da organização pratiquem qualidade e qualidade só se pratica quando temos processos padronizados e documentados para ter indicadores da eficácia dos sistemas.

Os aspectos para padronização dependem do tamanho e tipo da instituição que pretende a padronização, mas todas as empresas não podem dispensar: 1- Os responsáveis pela aprovação dos procedimentos padronizados. 2- Os responsáveis pelo planejamento da padronização. 3- O pessoal operacional, aqueles que escrevem os procedimentos padronizados. Assim asseguramos que uma equipe para a padronização estará formada.

Existem alguns fatores que podem atrapalhar a padronização nas empresas, entre os principais fatores estão: Falta de planejamento, falta de ações corretivas para os desvios observados, treinamento e implantação prática dos procedimentos padronizados, medição da eficácia dos sistemas padronizados.

Além da padronização de sistemas, devemos nos preocupar com a padronização de produtos, e o principal objetivo da padronização de produtos é a satisfação do cliente, isto é, devemos saber o que o cliente procura, quais são as suas necessidades. A especificação do produto e especificações da matéria-prima, visando a padronização contínua na fabricação do produto, proporciona a melhoria contínua dos processos e do produto.

As empresas que estão procurando o reconhecimento pela comunidade da qualidade de seus produtos e comprovar a preocupação ambiental que a empresa tem com seu sistema produtivo, devem procurar a padronização com base nos requisitos das NBR ISO 9001 e NBR ISO 14001 e criar um Sistema de Gestão Integrada. A implantação destes sistemas pode ser feita por pessoal da própria organização e sem ajuda externa, mas normalmente os consultores externos, por terem treinamentos especializados, são uma ajuda fundamental na implantação de sistemas padronizados.

Luís Renato Vieira
Diretor da empresa Qualidadereal Cons. e Assessoria S/C Ltda.
Empresa especializada em implantação de sistemas da qualidade e gestão ambiental.

Artigos relacionados

Vistorias cautelares: necessidade preventiva nas construções
Qual a empresa de construção civil que ao construir um prédio, em regiões onde predominam residências, não teve problemas com a vizinhança...

Spa Construtivo
Nossos antepassados aprenderam, sentindo na própria pele, literalmente, como construir aproveitando os materiais disponíveis e desenvolvendo técnicas para melhor...

Reforma de imóvel com segurança
Pesquisas indicam que uma pessoa costuma fazer uma ou no máximo duas reformas em sua residência ao longo de toda uma vida. Provavelmente essa freqüência seja...

Quando tudo se encaixa
Planejamento rigoroso, padronização de procedimentos e algumas novas tecnologias podem garantir uma obra enxuta, rentável e sem desperdício. O canteiro do...

A estrutura ideal
A única premissa absoluta é que não existem limites absolutos, da mesma forma que não existe um único sistema ou um único material...

Comentários

Nenhum comentário sobre esta página. Seja o primeiro a comentar!

Deixe o seu comentário!


(não será publicado)



Pesquisar
Últimas do Fórum
Livros recomendados