Siga-nos:
Você está em: E-Civil » Softwares

AutoMETAL

Programa educacional para projetos de estruturas metálicas.

O programa AutoMETAL foi especialmente desenvolvido para facilitar o ensino das disciplinas de projetos de estruturas metálicas no curso de engenharia civil. Este programa educacional atende as normas brasileiras atuais, permitindo seu uso em projetos profissionais, lembrando que toda a responsabilidade é sempre do usuário. O programa permite gerar geometrias otimizadas, lançar automaticamente os carregamentos, calcular os esforços na estrutura e também verificar e dimensionar os perfis das barras de acordo com a norma NBR8800/86 (Perfis Laminados) e NBR14762/2001 (Perfis Formados a frio), obtendo o peso final de cada treliça metálica.

Com o programa é possível a geração automática de geometrias das treliças mais usuais em projetos de estruturas metálicas.

O programa possibilita o lançamento automático de cargas permanentes, sobrecargas e cargas de vento, tanto na cobertura quanto nos pilares. Para o lançamento automático é necessário determinar quais os nós com terças e quais os Coeficientes de Forma para Ventos (NBR6123/87) para os trechos da cobertura. O programa permite também a combinação dos carregamentos.

Instruções para download: Ao clicar em "download" você será redirecionado para a página de downloads no site do desenvolvedor, onde deverá preencher um cadastro para baixar o programa.

Imagens

AutoMETAL

Ficha Técnica e Download

Clique para baixar Licença de uso: Grátis (Freeware)
Versão: 4.1
Idioma: Português
Tamanho: 6.44 MB
Sistema: Windows
Desenvolvedor: Nilto Calixto Silva e outros
Site: www.fec.unicamp.br/~autmetal/

Comentários

Nenhum comentário sobre esta página. Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário sobre este software


(não será publicado)



Pesquisar

Últimas do Fórum

Enquete


Os técnicos de nível médio estão em maioria nos CREAs pelo Brasil, porém eles ainda possuem baixa representatividade nas decisões dos concelhos. Em termo de responsabilidades e representatividade, os técnicos de nível medio, deveriam ter mais voz nas decisões dos CREAs?

Sim
Não


Autor: Francisco Bernardo
Mostrar resultado