E-Civil: Descomplicando a engenharia
Você está em: E-Civil » Artigos Técnicos

Orçamentação e custo de obras civis

Orçamentação

A orçamentação de custos é o ponto inicial para se determinar a viabilidade de um empreendimento, a orçamentação é um parâmetro estimativo, onde inúmeras variáveis estão envolvidas, podendo levar ou não ao sucesso do empreendimento.

A orçamentação determina os gastos para a realização de um projeto, esses gastos podem ser expressos em diferentes unidades referenciais, como: unidade monetária sendo a de maior utilização ou por unidade relacionada com a mão-de-obra, por exemplo, homens-horas reais de trabalho.

Os custos que compõe um orçamento podem ser classificados em dois tipos: os custos diretamente relacionados com o produto e os custos diretamente relacionados com o volume de produção, os custos relacionados com o produto são os custos diretos e os custos indiretos, já os custos relacionados com o volume de produção são os custos fixos, custos variáveis, custos semi-variáveis e os custos totais.

Os custos diretos são os gastos relacionados com a mão-de-obra, materiais e equipamentos agregados ou não ao produto, já os custos indiretos são os gastos relacionados com a mão-de-obra técnica e terceirizada, despesas administrativas, financeiras, comerciais, tributárias e gastos com instalações provisórias de água, energia elétrica e telefone para o funcionamento do canteiro de obras e a ainda gastos com a segurança do trabalho.

O custo total da obra é a soma dos custos diretos e indiretos, as parcelas que compõe cada custo deve ser orçadas de forma minuciosa, procurando levantar todos os dados possíveis relacionados com o projeto para que se tenha um orçamento altamente detalhado, ou seja, mais próximo possível da realidade.

As principais parcelas que compõe os custos de uma obra são mostradas abaixo, em um esquema geral do processo de formação dos custos, cada parcela possui uma metodologia de estudo e levantamento de custo, que no final são somados classificados e totalizados, gerando o custo total da obra.

CUSTO TOTAL

CUSTOS DIRETOS

MATERIAIS

MÃO-DE-OBRA OPERACIONAL
EQUIPAMENTO

CUSTOS INDIRETOS

DES. ADMINISTRATIVAS
DES. COMERCIAIS
DES. FINANCEIRAS
DES. TRIBUTÁRIAS
MÃO-DE-OBRA TÉCNICA
CANTEIRO DE OBRAS
SEGURANÇA DO TRABALHO
OUTROS CUSTOS

Determinação do custo direto

As parcelas que compõe o custo direto são determinadas na sua grande maioria através de tabelas de composição de preço unitário (TCPO), ou através de composições levantadas na própria obra, usando metodologias de apropriação de serviços, esse estudo é fundamental para as empresas, com ele é possível criar bancos de dados, tabelas de composição que poderão ser usados em obras semelhantes, gerando também orçamentos mais detalhados e com grau de risco menor.

Um fator importante é a produtividade, o custo direto real da mão-de-obra esta diretamente relacionada com a produtividade das equipes que executam os diversos serviços, ela depende do processo executivo, do dimensionamento racional da mão-de-obra e principalmente da motivação das equipes.

A produtividade é um indicador de desempenho quantitativo e também um fator redutor do custo horário da mão-de-obra, eles podem ser quantificados através de cronogramas de comparação ou acompanhamento, onde o executável é atualizado diariamente e comparado com o planejado, esse procedimento nos da uma visão mais global da produtividade dos serviços e ajuda a tomar medidas corretivas ao longo do processo executivo.

Engenheiro Civil João Bosco Vieira da Silva
joaobosco@ecivilnet.com.br

Artigos relacionados

Cálculo do custo horário de equipamentos
Considere uma retroescavadeira que trabalha em condições médias, sabemos que seu valor de aquisição é de R$ 150.380,00, a taxa de juros anual é em torno de 12,31%, a retroescavadeira têm potência de 74 HP e trabalha com óleo diesel...

A viabilidade da mecanização na construção civil
Cada serviço possui um custo de mão-de-obra, material e equipamento, tudo isso deve ser agregado ao preço final do produto...

A realidade da engenharia de custos no Brasil
Infelizmente hoje no Brasil não temos o uso perfeito da engenharia de custos dentro das obras públicas, ciência de fundamental importância para o desenvolvimento...

Planejamento e gerenciamento de obras
O projeto é um sistema complexo e composto de atividades, que se inter-relacionam, se interagem e são interdependentes. As atividades que compõe um projeto...

Produtividade na construção civil
A produtividade pode ser definida como a quantidade do trabalho realizado em uma unidade de tempo, normalmente horas, e é basicamente caracterizada como...

Comentários

Elogio
Caro Colega João Bosco, Parabenizo pelo seu artigo neste site. Em havendo interesse no tema, recomendo o livro de nossa autoria "Orçamento de Obras em Foco" - Editora Pini (Ver PINIWEB). Sds. Roberto Sales

Comentado por Roberto Sales Cardoso em 2011-08-31 11:47:39

Deixe o seu comentário!


(não será publicado)



Pesquisar
Últimas do Fórum
Livros recomendados