E-Civil: Descomplicando a engenharia
Você está em: E-Civil » Artigos Técnicos

Estruturas mais altas do mundo

Até meados do século XX, o recorde de estrutura mais alta do mundo era claramente definido. Desde então, porém, há uma discussão e muita confusão sobre os critérios de definição envolvidos. Em se tratando de altura absoluta, a maioria das estruturas mais altas são as torres de transmissões de rádio e TV, em torno de 610 metros de altura.

Entre as discussões sobre critérios de definição:
Estruturas sustentadas por cabos devem ou não ser consideradas?
Somente a altura "habitável" e "habitada" deve ser considerada?
Em caso positivo, decks, galerias e mirantes de observação "transformam" torres de transmissões e comunicações em estruturas "habitáveis"?
Antenas nos topos dos edifícios devem ser contadas na altura das estruturas? (a discussão tem como foco estruturas em forma de espiral ou "detalhes arquitetônicos")
Estruturas em construção devem ser incluídas na lista?
Estruturas em alto-mar devem ter sua altura submersa incluída na altura total?
Estruturas mais altas - classificadas por categoria

A maior estrutura do mundo, incluindo as que estão parcialmente submersas, é a Plataforma Mars no Golfo do México, com 990,6m. É uma plataforma de pernas atirantadas, ou seja, consiste em um deck/plataforma ao nível do mar sustentado por cabos presos no fundo do oceano. Como essa plataforma de petróleo e gás natural é parcialmente mantida por cabos, alguns críticos defendem que a altura submersa não seja contada, assim como a altura subterrânea de prédios.

Atualmente, a Plataforma Mars não está funcionando devido aos danos provocados pelo Furacão Katrina no final de Agosto de 2005. A plataforma foi projetada para suportar ondas de 22 m e ventos de 225 km/h simultaneamente; os ventos provocados pelo Katrina, porém, atingiram entre 265 e 280 km/h na região da plataforma. *A altura da parte sobre a plataforma foi temporariamente afetada em cerca de 20 m.
A maior estrutura em terra é a Torre da KVLY-TV, nas proximidades de Mayville, na Dakota do Norte (Estados Unidos), com 629 m. É uma antena de transmissões de metal sustentada por cabos.

A Torre de Rádio de Varsóvia em Gabin-Konstantynow próximo a Varsóvia (Polônia), com 645 m, era maior, mas desabou em 8 de Agosto de 1991, devido a problemas na manutenção dos cabos de suporte.
A principal razão para não incluir torres e antenas de transmissões entre as estruturas mais altas do mundo é porque elas não são auto-sustentadas. Outro exemplo de estrutura que não é auto-sustendada seria uma longa corda com uma ponta presa ao chão e outra ponta presa num balão de hélio. Se estruturas que não são auto-sustentadas fossem contadas, essa provavelmente seria a maior do mundo.
A diferença, porém, é que torres sustentadas por cabos são feitas para uso permanente e não são tão vulneráveis quando cordas carregadas por balões, que seriam facilmente levadas em caso de mau tempo. Dessa forma, torres sustentadas por cabos são como torres auto-sustentadas, pois sozinhas podem se proteger de ventos e da ação da natureza.
A CN Tower em Toronto (Canadá) tem 553,33 m de altura, e é a estrutura mais alta realmente auto-sustentada da superfície terrestre.
A maior torre de aço auto-sustendada é a Torre de TV de Kiev, com 386 m de altura. A Torre de Rádio de Mühlacker, na Alemanha, era a mais alta estrutura de madeira do mundo, com 190 m. Foi construída em 1934 e demolida em 1945. Hoje, a mais alta estrutura de madeira é a Torre de Rádio de Gliwice, na Polônia, com 118 metros.

Comparações
Existem duas formas de comparação de alturas de estruturas: o método da CTBUH (Council on Tall Buildings and Urban Habitat) e o metódo do AA Skyscraper.

Comentários

Nenhum comentário sobre esta página. Seja o primeiro a comentar!

Deixe o seu comentário!


(não será publicado)



Pesquisar
Últimas do Fórum
Livros recomendados